Radar Guaíra - Sua fonte de notícias na cidade de Guaíra PR.

Segunda-feira, 17 de Junho de 2024

Política

Comissão aprova cadastro nacional de pessoas com fendas labiais e palatinas

O projeto segue para análise das comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania

Radar Guaíra
Por Radar Guaíra
/ 3 acessos
Comissão aprova cadastro nacional de pessoas com fendas labiais e palatinas
Bruno Spada/Câmara dos Deputados
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
Bruno Spada/Câmara dos Deputados
Augusto Puppio foi o relator do projeto

A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 3329/19, que cria o cadastro nacional de pessoas com fendas labiais (condição conhecida também como lábio leporino), palatinas e labiopalatinas. O objetivo da proposta é reunir informações sobre as condições de saúde e necessidades dos pacientes.

Apresentado pelo ex-deputado Beto Rosado (RN), o texto estabelece que o SUS deverá elaborar um cadastro nacional cujas informações serão obtidas a partir da Declaração de Nascido Vivo, que deverá conter informações sobre:

as condições de saúde relacionadas à fenda labial, palatina ou labiopalatina; tratamento, reabilitação e acompanhamentos médico, fonoaudiológico, odontológico e psicológico; necessidades assistenciais; e condições e dificuldades para trabalho e estudo.

O projeto prevê que as pessoas solicitem a qualquer tempo a retirada do seu nome do cadastro e exige que essas informações sejam utilizadas exclusivamente para a elaboração de políticas de seguridade social voltadas a essa população.

Leia Também:

O parecer do relator, deputado Augusto Puppio (MDB-AP), foi favorável à proposta. Ele lembra que a Lei 13.685/18 já estabelece a notificação compulsória de malformações congênitas na Declaração de Nascido Vivo. 

Ele considera fundamental, no entanto, que estas informações estejam organizadas e disponíveis, sejam checadas de forma cruzada com outras fontes de informações e tragam dados relevantes para o planejamento de ações e programas de saúde, como a idade, tipo de fissura e estágio do tratamento, a fim de verificar aquelas que ainda aguardam algum procedimento. 

Tramitação O projeto será analisado em caráter conclusivo pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei
FONTE/CRÉDITOS: Agência Câmara Notícias
Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )